BELO HORIZONTE (21/02/2019) – A secretária de Agricultura, Ana Valentini, participou, nessa terça-feira (19/2), em Brasília (DF), da solenidade de posse da nova diretoria da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), representando o governador do estado, Romeu Zema. A solenidade contou com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, e de diversos representantes do primeiro escalão, entre eles o ministro da Economia, Paulo Guedes. “A presença dessas autoridades demonstra o reconhecimento do agronegócio como um dos pilares da economia nacional, como gerador de emprego, renda e divisas”, afirma a secretária.

Foi empossado como presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária o deputado Alceu Moreira (RS), para atuação no período 2019-2020. A nova diretoria é composta por 26 parlamentares, sendo três mineiros: o senador Rodrigo Pacheco (coordenador jurídico) e os deputados federais Domingos Sávio (coordenador da comissão de defesa sanitária) e Zé Silva (coordenador da comissão de comunicação).

Também estiveram presentes à solenidade representantes de vários segmentos do agronegócio nacional, como o presidente da Associação Brasileira de Criadores do Zebu (ABCZ), Arnaldo Machado Borges, a diretora de Relações Internacionais da associação, Ana Cláudia Mendes Souza, e o ex-ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues.

O objetivo da frente é estimular a ampliação de políticas públicas para o desenvolvimento do agronegócio nacional. Nos últimos anos, a FPA tem se destacado nos trabalhos do Congresso Nacional. De composição pluripartidária e reunindo mais de 200 parlamentares, a bancada é considerada uma das mais influentes nas discussões, articulações e negociações de políticas públicas no âmbito do poder legislativo, consolidando o posicionamento da cadeia produtiva do agronegócio quanto aos assuntos em tramitação no congresso nacional.

Agenda em Brasília

A secretária Ana Valentini aproveitou a viagem a Brasília para se reunir com importantes lideranças do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), começando pela ministra Tereza Cristina. Na pauta, foram discutidos impactos do desastre em Brumadinho; o apoio para retirada da vacinação da febre aftosa em Minas e a prorrogação do prazo para o pagamento do financiamento do custeio para produtores afetados pela seca, entre outros assuntos. 

Ana Valentini Reuniao MAPA

 Seguindo a agenda, Ana Valentini se encontrou com o secretário Executivo do MAPA, Marcos Montes, e com o deputado José Vitor para apresentar as demandas do setor de armazenamento no Triângulo Mineiro.

A secretária e o adjunto da pasta, Amarildo Kalil, estiveram com o secretário de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Fernando Camargo. Eles apresentaram as bases do Plano de Agricultura Irrigada e Sustentável de Minas Gerais. De acordo com o secretário-adjunto, uma das etapas dessa iniciativa é a caracterização das bacias hidrográficas por meio do Zoneamento Ambiental e Produtivo (ZAP). “Mostramos a aplicação da metodologia na bacia do Ribeirão das Almas, no município de Bonfinópolis, e como o ZAP pode subsidiar a análise de informações para a elaboração de um plano de adequação socioeconômica e ambiental de uma bacia”, explicou Kalil.

Na terça-feira (20/02), a secretária esteve com o diretor do Departamento de Desenvolvimento e Ordenamento da Aquicultura do MAPA, Maurício Pessoa. Eles conversaram sobre ações que podem contribuir para minimizar os impactos gerados pelo desastre em Brumadinho na aquicultura da bacia do rio Paraopeba.

Ana Valentini Reuniao MAPA2